Desapeguei…. e foi bom

abr 11

Desapeguei…. e foi bom

Sempre tive vontade de mudar o cabelo, mas nunca tive coragem…..até o último dia 08 de abril, Dia Mundial do Combate ao Câncer. Pelas redes sociais fiquei sabendo que estava acontecendo uma campanha de doação de cabelo para a confecção de perucas para crianças com câncer. E aí cortei o cabelo curto e doei. Essa história poderia ter apenas esse parágrafo, só que não.

 

Eu sempre tive cabelo comprido, liso e virgem (aham…virgem com quase 35 anos). Sempre fui “contra” químicas e mudanças radicais. Era extremamente apegada à minha cabeleira porque, modéstia à parte, era bonita. E quando a gente não acha que tem muita coisa bonita para mostrar, acabamos exibindo aquilo que vale a pena. É o meu caso. Lembro que uma vez, quando era adolescente, cortei meu cabelo chanel e escutei de uns meninos que eu tinha acabado com a única coisa bonita que eu tinha. Levei isso à ferro e fogo e mantive o cabelo marrom, liso e longo por muito tempo.

Ainda bem que a vida é bela, que o tempo ensina e que as pessoas que hoje fazem parte da minha vida não acham que tenho apenas um cabelo bonito para exibir, pois elas me conhecem por dentro.  E é por isso que nesse momento escrevo esse texto com o cabelo curto, desfiadinho e loiro. E é por isso também que 20cm do meu cabelo já foram encaminhados para a ONG Cabelegria e em breve farão parte de uma linda peruca que ajudará uma menininha com câncer a se sentir MAIS linda ainda.

Não foi fácil sentar na cadeira da cabelereira e mandar ver no corte. Na verdade, os próprios funcionários do salão ficaram me questionando como eu ia ter a coragem de cortar o cabelo, sendo que demora tanto para crescer e bla bla bla. Eu apenas disse: “faça um rabinho de cavalo e corte”. Quando a tesoura começou a fazer seu trabalho, eu juro que senti uma pontada no coração, seguida de uma paz que não sei como explicar. Enquanto a navalha fazia a festa nas minhas madeixas, eu estava num relaxamento profundo, sentindo uma energia maravilhosa percorrendo minha alma…e foi nessa hora, e apenas nessa hora, que chorei um choro de emoção, de gratidão.

1609729_687063568001561_2740817492357149685_n

Na sequência já me aventurei na tinta amarela, toda corajosa. Meu namorado foi assistir ao procedimento, pois não acreditava que eu realmente tinha feito isso…não isso de ajudar alguém, mas de me arriscar. E o sorriso dele e carinha de orgulho quando viu meu cabelo pronto foi a confirmação de que fiz a coisa certa. E digo que estou me amando (e semana que vem, a nossa Talita também fará o corte e doação de suas madeixas loiras e lindas…uhuuu).

Junto com o meu cabelo, mandei uma cartinha que diz assim:

“Oi princesa,

Mandei um pedacinho do meu cabelo para ajudar a fazer a sua linda peruca. Só quero que você saiba que junto com ele enviei também uma porção de amor, outra de fé, mais uma de saúde e um toque de “muito obrigada”.

Nem preciso lhe dizer que você é uma guerreira, pois com certeza você já sabe. Mas vou te contar um segredo: quando cortei meu cabelo pensei em você e Deus me disse que vai dar tudo certo.

Para mim, meu cabelo sempre foi meu escudo, minha proteção. E hoje ele passa a ser seu! Quando você sentir que precisa de uma ajudinha, vista sua peruca e sinta-se protegida.

Um beijo bem grande e um abraço maior ainda,

Tia Dri”

Se você se empolgou com esse post e ficou cheia de vontade de praticar o desapego, siga as instruções abaixo e acredite: cabelo cresce nas pessoas saudáveis, e se você é uma delas, ajude.

Vamos lá:

como doar

 

1. Lave bem os cabelos.

2 . Prenda o cabelo com um elástico um pouco abaixo da altura que você quer doar.

3. Deixe um espaço entre o elástico e a linha de corte, para que o cabelo não “escape” do rabo de cavalo após ser cortado.

4. Meça o cabelo – o cabelo doado deve ter no mínimo 10 cm.

5. Corte o cabelo.

6. Coloque o cabelo seco em um saco plástico (não pode estar úmido).

7. Envie os cabelos pelo correio.

8. Sorria! 🙂

Uma informação importante: é possível doar qualquer tipo de cabelo – mesmo os com química (alisamento, tintura, permanente, etc)

Endereço para envio

A/C Cabelegria

Avenida Parada Pinto, 3420, Bl. 06, Ap. 33
Vila Nova Cachoeirinha
São Paulo – SP
02611-001

A ONG também está no Facebook! Vale curtir a página: www.facebook.com/Cabelegria

Adriana Santos, 34, é jornalista de formação e fofoqueira de coração. Leonina com muito orgulho e cheia de clichês óbvios, acredita no amor, não só o de homem e mulher, mas o amor que faz o mundo continuar evoluindo.
Share Button

13 comments

  1. E aí eu li seu post e chorei. Que linda, minha amiga. Você é muito mais linda do que um punhado de cabelo na cabeça. MUITO!

    Amo demais.

    um grande beijo

    • Adriana /

      É fácil fazer “coisas boas” quando se está rodeada de gente do bem. Obrigada por fazer parte da minha rodinha <3

  2. Ariett /

    Primeiro eu assisti esse vídeo: http://www.brasilpost.com.br/milton-schubert/hospital-oncologico-desenvolve-brinquedo_b_5086037.html. Agora leio seu post e essa cartinha linda que você escreveu. Resultado: não vou conseguir mais fechar a torneirinha hoje.

    • Adriana /

      Ariri,

      Fecha a torneirinha para não borrar o make-up…..rs. Sua linda, obrigada pelo comentário <3

  3. Talita Camargo /

    Dri, vc é uma inspiração diária. Não só pelas boas ações que não cansa de doar ao mundo, mas pela bondade e amor verdadeiro que vc dá, simplesmente sem pedir nada em troca, a todas as pessoas, incluindo às quem nunca nem viu na vida.
    Vc é iluminada. É especial. Mudou minha vida para melhor.
    E, além de tudo, me deu coragem para fazer algo que estava receosa: doar cabelo, doar amor, doar sorrisos e, pq não, doar vida?
    Vc não doou um cabelo: doou dois, pq sua coragem me motivou a encontrar a minha: a próxima sou eu. Obrigada por isso! 🙂

    • Adriana /

      Não sou isso aí não Tali. Mas estou MUITO feliz por você doar seu cabelo, pois tenho certeza que sentirá a mesma emoção que eu senti, e arrancará o sorriso de uma criança. Aiiii que delicia de vida <3

  4. ROSELI......amore /

    Amore…bem que o Zé Ferino diz, que você tem muita Luz…e é pura verdade..seu brilho é contagiante…Seu pai e eu choramos muito ao ler seu blog..você é especial desde sempre.Lembro-me bem de quando você era pequena, mal conseguia andar direito,mas já sabia o que queria.Embora um pouco rebelde,pois já parecia ter vindo com conhecimentos de vidas passadas..Bom só sei que você é uma joia rara…sempre se coloca em segundo plano,se preocupando com os que estão à sua volta.Me sinto orgulhosa por ter gerado essa caixinha de surpresa..Só sei que te AMOO.

    • Adriana /

      Sou o fruto de vocês, por isso não poderia ser diferente. Amo <3

  5. Igor /

    Eu tenho que dizer uma coisa, sobre você.
    Eu não fico espantado com você em querer ajudar as pessoas, porque isso é sua essência você sempre está pensando como fazer isso. Eu fico feliz em ver que você também está olhando para você como pessoa, para algumas pessoa um gesto de cortar o cabelo é simples para outras a mudança é dolorosa, mais eu fico feliz por te ver feliz. Te amo muito.

    • Adriana /

      É Fi, vc sempre me apoiando. É uma dessas pessoas que chamo de anjo encarnado. Obrigada por tudo…sempre. Te amo….sempre…<3

  6. Anne /

    Chorei com a cartinha e achei a atitude linda e generosa 🙂

    Nós, filhas de Iemanjá, sabemos a importância dos cabelos. Nosso escudo, nossa proteção!!!

    Vou deixar crescer e mandar ver no meu.

    Beijo

    • Adriana /

      Exatamente isso Cleo….é nossa proteção. E é tão mágico poder entregar esse escudo para alguém que precisa. Imagina a alegria da criança que receber esses seus cabelos lindos e maravilhosos. Yemanjá vai abençoar. Saudades de você, Anne….do verbo SAUDADES…kkkk…<3

  7. Larissa da Silva Pontes /

    Lindo texto .
    Me identifiquei muito
    Até postei na minha foto que cortei pra doar . Doar é vida
    Traz muita alegria

Trackbacks/Pingbacks

  1. Doar, doar e doar - Sem Critérios | Sem Critérios - […] a menor modéstia em assumir isso hehe), inspirada na atitude da Adriana (vale reler o post dela aqui). Não…

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*