O ano do sim

jan 09

O ano do sim

Em 2014 eu quero dizer mais sim. Não igual ao filme em que a resposta tem que sempre ser afirmativa, independentemente da vontade ou das consequências que aquilo pode causar. Meu objetivo é bem mais simples (lembrando que simples não é sinônimo de fácil). O que eu desejo de verdade nesse ano que acabou de começar é complicar menos, aceitar mais e, principalmente, não ser tão do contra.

Tenho percebido recentemente que nossas atitudes estão diretamente relacionadas com os acontecimentos a nossa volta. Não, eu não sou aquele tipo de pessoa que acredita em energias, inferno astral e etc. Mas, uma coisa é certa: quando você se predispõe para que determinada coisa aconteça, a probabilidade disso se realizar é bem maior, afinal, grande parte dos sucessos dependem justamente de nós mesmos.

Por isso, na virada de 2013 para 2014 resolvi fazer diferente. Pela primeira vez nesses meus 27 aninhos de vida comemorei um réveillon na companhia de uma amiga em uma festa de arromba (eis a gíria que entrega minha idade) em Búzios. Nada daqueles programas família dos meus 26 anos anteriores. Foi melhor? Pior? Não. Diferente. Porque é isso que quero para agora. Novas atitudes e comportamentos, que, obviamente, gerem novas realizações e vitórias.

Dancei, comi, bebi, beijei, cantei, pulei ondas, vi os fogos da meia noite e o nascer do sol do dia 1º. O que eu pedi? Fartura. Fartura de oportunidades bacanas para eu responder sempre SIM.

E como não dá para deixar de ser quem eu sou e me transformar em outra pessoa (não que eu queira isso… só talvez) minha meta para 2014 é deixar a vida fluir mais leve e naturalmente (aí sim como diz a música) e sem muitas expectativas. Afinal, elas existem por algum outro motivo que não seja nos frustrar? E as frustrações, que fiquem todas em 2013!

unnamed

 

Fernanda Barreira, 27 anos, é jornalista, paulistana da gema, solteira e corintiana roxa. É conhecida por ser do contra e intolerante, mas promete respirar 327 vezes antes de escrever algo que de algum modo incomode alguém… ou não. É pagar pra ver!
Share Button

8 comments

  1. Talita Camargo /

    Eu sou dessas pessoas que acredita na troca de energias. E tenho certeza de que, quando você começar a dizer mais sim para a vida, a vida devolverá mais SIMS para você.
    Mas só os que você pedir!
    <3

    • Fernanda Barreira /

      O importante é estar pronta pra levar uma vida mais livre, leve e solta!

  2. Katya /

    Farrrrtura! Assim com bastante “r”!!!! hihihihi
    Adoreii!

    • Fernanda Barreira /

      Hahaha e sotaque caipira, Pacotinho 🙂

  3. Adorei seu texto, Fe. E também a sua resolução de ano novo. Não precisamos de muito, né?!

    • Fernanda Barreira /

      Obrigada, Dea! E você tem razão. Na verdade a gente já tem muito, o que precisamos é começar a valorizar o que é realmente importante.

  4. Danusa /

    Muito bom, Fê! É um ótimo exercício para o início do ano. Estou nessa! Bjs

    • Fernanda Barreira /

      Que bom que você se identificou, Dan! Vamos todas dizer mais sim <3

Trackbacks/Pingbacks

  1. Ela é toda toda | Sem Critérios - […] chuva e ama sua família. E o mais legal, é que ela agora respeita tudo isso nela. Porque ela aprendeu…

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*